Pages

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Restaurante e Bar do Bode para quem procura uma comida caseira tradicional


Neste final de semana estive no Restaurante e Bar do Bode entre os municípios de União dos Palmares e São José da Laje. Com sua comida caseira o espaço é bem frequentando por alagoanos e quem passa às margens da BR-104.

Como o próprio nome sugere o "Bode" é um dos pratos principais, sendo servido cozido e assado na brasa. Mas, as comidas tradicionais do nordeste como buchada, galinha caipira, fava, feijão tropeiro etc, estão lá e são bem aceitas.

Todo esse capricho nos alimentos é feito no forno a lenha pelos proprietários do restaurante, o empresário Jusseram e sua mãe Zelina. Assim, desde a recepção até a comida feita tudo passa pela família, que vai recebendo todos com seu jeito simples e acolhedor

No local os clientes encontram diversos tipos de doces feitos com frutas do próprio sítio e de amigos, como também ervas e verduras que são usados na salada e tempero da cozinha.
 
Vale a pena visitar o restaurante com a família e/ou com os amigos e saborear as delicias do lugar.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Palmarina de 114 anos reencontra conterrâneo em Douradina - PR

O caso de Filomena Maria da Conceição, 114 anos, moradora de Douradina – que procura pelas filhas desaparecidas há 59 anos – ganhou repercussão na mídia de Alagoas, porém, foi de Umuarama que apareceu a primeira pessoa com algum vínculo com a supercentenária. 

Aristides Tertuliano da Silva, 80, não é filho, sobrinho ou tem comprovadamente, algum grau de parentesco com Filomena, mas é de União dos Palmares (AL) – mesma cidade dela. Em comum a origem, a trajetória no Paraná e o sobrenome das mães. 

Aristides é aposentado e passa seus dias entre a rede e diversão com os netos, na praça Tamoio. Ele deixou Alagoas aos 14 anos em busca de uma vida melhor, chegou em Indianópolis (PR) e na sequência morou em Paraíso do Norte (PR) -  mesma cidade em que morou Filomena.

Dois anos mais tarde voltou para União dos Palmares e regressou para Paraíso do Norte de onde saiu para vir a Umuarama. Aqui criou sua família e acabou perdendo contato com suas origens. Sessenta e seis anos depois tenta encontrar um dos seus quatro irmãos e chegou a acreditar que Filomena pudesse ser alguém próxima de sua mãe – possivelmente irmã -, devido a idade.

Entretanto, em visita a Douradina, Aristides e Filomena não se reconheceram, compartilharam de locais e até perceberam que havia sido clientes dos mesmos mercados em Paraíso do Norte, mas foi só.

Para Maria Carmelita Felix, filha de Aristides o tempo contribuiu para deixar a visão, a audição e, principalmente, as memórias confusas. 

“Eles se lembram de nomes, apelidos e de lugares. Minha avó se chamava Maria José da Conceição, a mãe de Filomena que poderia ser avó de meu pai era Izabel Maria da Conceição. É tudo que sabemos, mas foi bom para que eles pudessem recordar”, avaliou. 

Tereza Filomena dos Santos, uma das a filha de Filomena, tentou reconhecer os traços de Aristídes, mesmo assim, não conseguiu ligá-lo às suas histórias. “Ele tem uma fisionomia familiar, acho que fomos vizinhos em Paraíso do Norte, nada mais”, lamentou ao emendar: “A visita foi boa e pudemos reviver muitas coisas da infância”, agradeceu.

IRMÃO EM CAMPINAS

Uma pesquisa pelas redes sociais, feita pelos familiares de Aristides, resultou no contato netos de José Tertuliano da Silva, morador de Campinas (SP) e possível irmão mais novo de Aristides. “Meu pai conta que quando veio para o Paraná, em 1948, deixou a mãe e quatro irmãos. Um deles se chamava José e tinha apenas seis meses, por isso acreditamos que este menino possa ser seu irmão mais moço”, comentou Carmelita.

Carmelita disse que em conversa por telefone José disse que perdeu contato com os outros irmãos, para a filha de Aristides isto se deve ao fato da mãe ter deixado José com uma família visinha quando foi para a cidade com os filhos. “Ela voltou para buscá-lo, alguns meses depois, mas eles haviam se mudado”, conta com base nas históricas contatas por seu pai.

Os outros irmãos de Aristides se chamavam Maria, Ingênita e Expedito Tertuliano da Silva. 

Informações que possam ajudar a encontrá-los podem ser repassadas pelo telefome (44) 3621-2500 (do Ilustrado) ou pelo e-mail redação@ilustrado.com.br

domingo, 24 de agosto de 2014

Ensaio fotográfico com os dançarinos da Banda Afro Nação Dandara


No dia 12 de novembro 2010, na lavagem da Casa Jorge de Lima, eu aproveitei o momento para fazer um ensaio fotográfico com os dançarinos da Banda Afro Nação Dandara.

Os garotos Elvinho, Diego, Luan, Josenildo, Amilton e Anderson, também fazem parte da Banda Marcial da Escola Mário Gomes de Barros, onde tocam o instrumento "pratos".

Os mesmos já estão na Afro há pouco mais de 04 anos e nessas últimas apresentações foram bem recepcionados pelo público.

Mais fotos dos dançarinos:

sábado, 23 de agosto de 2014

2º Tributo Raulseixista na cidade de União dos Palmares



Neste dia 23 de agosto de 2014 o Alternativo S.A. realizará o “2º Tributo Raulseixista - Especial Raul Seixas", na cidade de União dos Palmares - Alagoas; com o show da “Banda TRIBUTO” comandada por artistas quilombolas, universitários, músicos, convidados, alternativos da #SociedadeAlternativa, produtores, fãs, poetas, DJ e compositores:

- Dj.Lobo - Voz e Violão (Raulseixistas) - Banda Unknow (União dos Pamares-AL) - Banda Konector (União dos Palmares-AL) - Fãs Convidados: Frazão , Rodrigo (UNEAL), Beto Jamaica Lee e Banda Djason (União dos Palmares – AL) - Banda Casa 111 (Colônia Leopoldina - AL) - Quilombola de Zion: Thiago Correia (União dos Palmares –AL) - Ckelly Akin ( Banda Lady Makindoma de Arapiraca – AL) - Banda JAM MUSIC (União dos Palmares –AL) - Banda Radyo 82 (União dos Palmares –AL) - Banda The Stilados (União dos Palmares – AL) - Gil de Sá e o Corpo (União dos Palmares – AL) - Banda Locomotiva Incendiária (União dos Palmares – AL)
- Metamorfose “Poesia” Ambulante: Prof. Jeová (UNEAL), Rogerio (UNEAL).
“IMPRIMATUR!”

Agradecimentos:

A Sociedade Alternativa do Quilombo dos Palmares (União dos Palmares/Alagoas/Brasil/Egito) e do Brasil; Ao fã clube Raul Mestre Seixas Club - Fã Clube Raul Seixas e todos apoios direto e indireto; a todas as bandas; aos professores e doutores da #UNEAL; aos convidados e fãs; ao moderador raulseixista da pagina no Facebook ''discípulos De RAUL Seixas'' pela liberação do logo do Raul Seixas do cartaz; e a todos raulseixistas.

Academia Popular recebe pessoas diariamente


O palmarino que já tem o hábito de andar e correr às margens da BR 104, ou pelas ruas da cidade, tem agora outras opções para seus treinos diários, pois muitos estão fazendo sua caminhada pelas antigas ruas Ponte e Jatobá, além da academia popular, que foi instalada por trás da Prefeitura Municipal.

Segundo os adeptos da caminhada nas antigas ruas, a escolha do local é pelo fato de não ter um grande tráfego no local. Para quem escolheu a academia popular, onde algumas pessoas chegam a partir das 5 da manhã, a escolha se deve pelo local e por ser gratuito.


O lugar, antes abandonado, onde está a academia recebeu uma limpeza e uma iluminação melhor para que pudesse ser instaladas os aparelhos. É comum ver pessoas das mais diversas idades. Alguns idosos com objetivo de manter a formar física e retardar a velhice. Com o mesmo objetivo dos idosos, muitos jovens terminam o seu treino diário com exercícios na academia.


O praticante que precisar de alguma dica ou auxílio pode contar com o professor de Educação Física e ex-técnico do União Futebol Clube Marinaldo Lima.


Alguns aparelhos e espaços na academia estão precisando de reformas.

Fotos José Marcelo e Sérgio Rogério

Colabore com a campanha:
Ajude o Blog JMarcelo Fotos a comprar uma máquina fotográfica, click AQUI

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

União dos Palmares: Após pedido da Defensoria, justiça determina contratação imediata de professores para ministrarem aulas em libras

Pedido foi feito pela Defensoria Pública do Estado, na última sexta-feira   Em plena semana de comemoração ao dia das Pessoas com Deficiência, o juiz de Direito da Comarca de União dos Palmares, Yulli Roter Maia, atendeu ao pedido feito pela defensora pública Andresa Wanderley e determinou, hoje, que o Estado contrate, em caráter emergencial, professores habilitados para ministrarem aula em libras na Escola Estadual Rocha Cavalcanti, sob pena de aplicação de multa diária de R$ 1 mil, por descumprimento.   

Em sua decisão, o juiz ressaltou que a contratação de professores trata-se de obrigação do Estado, Poder Público, de prestar o serviço educacional adequado e de qualidade, observando os mandamentos constitucionais e as leis infraconstitucionais que regulam este serviço público.   “A priori, não cabe ao Poder Judiciário ingerência sobre este mister do Poder Público, todavia a partir do momento em que o serviço educacional não é prestado ou é prestado de forma deficitária, em descompasso com as normas constitucionais, aliás, de forma a violar direito fundamental estabelecido no texto constitucional, cabe sim ao Poder Judiciário a missão de interferir na seara da administração pública, não havendo que se falar em mácula ao Princípio da Separação dos Poderes”, explicou o juiz.   

Ainda conforme o magistrado, no que concerne ao fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação, de igual forma resta este evidenciado, uma vez que a ausência de profissional intérprete de libras trará  extrema dificuldade no sistema de aprendizagem, implicando em não prestação do serviço de educação, consequentemente violando o direito fundamental à educação garantido constitucionalmente.   

A defensora pública lotada na Comarca de União dos Palmares, Andresa Wanderley, ajuizou uma ação ordinária com pedido de antecipação dos efeitos da tutela pretendida, na última sexta-feira, em favor da colegial Luciana Leite da Silva, que é deficiente auditiva e estudante da Escola Estadual Rocha Cavalcanti, única Instituição da Região da Mata que oferece curso profissionalizante.   

De acordo com o pedido feito pela defensora, Luciana vem enfrentando sérias dificuldades para prosseguir nos estudos, uma vez que a Escola não disponibiliza profissional intérprete (libras), estando na iminência de abandonar o aludido curso.

Fonte: Associação Nacional dos Defensores Públicos - http://www.anadep.org.br/

“A aula começa com movimentos leves usando a respiração como forma de princípio, pois, para o hiep thai, a respiração é o fator de maior importância" Mestre Garça





José Ferreira da Silva Filho, ou Mestre Garça, está desenvolvendo técnicas para o tratamento em coluna vertebral e articulações em geral, no Nier (Núcleo de Identidade Étnicorracial (Nier). Ele conta que pratica diversas artes marciais há mais de 30 anos, é um dos especialista em hiep tai chi.

Atualmente, essas técnicas vêm sendo difundidas no Estado e sua origem vem de diversas práticas nas artes marciais desenvolvidas pelo seu criador, Mestre Garça, e por estudos diversos nas terapias alternativas.

Mestre Garça diz que usava as técnicas do hiep tai chi em seus alunos que praticam o hiep khi dao e kung fu e conta que após os treinos os praticantes de artes marciais ficam realmente um bagaço. Ele explica que o hiep-thai possui inúmeros movimentos básicos, sendo indicado para problemas da região cervical (pescoço), dorsal e lombar. 

“A aula começa com movimentos leves usando a respiração como forma de princípio, pois, para o hiep thai, a respiração é o fator de maior importância para a ativação do corpo; depois é feito o relaxamento muscular, por meio de uma série de movimentos de yoga e uma massagem profunda e seguida pelas manipulações próprias do hiep-thai”, observa.

A atividade  está sendo desenvolvida pelo Núcleo de Identidade Étnico-Racial, da Secretaria Municipal de Educação de União dos Palmares e implantada na rede municipal como uma atividade complementar educativa e terapêutica. 

As aulas são feitas no Espaço Cultural Acotirene, na Organização Mirim, diariamente, pelo Mestre Garça, e é destinada à comunidade palmarina com idades entre 18 e 64 anos, de ambos os sexos. As aulas são gratuitas, os alunos/praticantes precisam levar uma toalha para o local onde algumas atividades são feitas. 





Dias e Horários
 Terça-feira - Quarta-feira - Quinta-feira: 19:00 as 20:00h

Colabore com a campanha:
Ajude o Blog JMarcelo Fotos a comprar uma máquina fotográfica, click AQUI