Pages

domingo, 1 de dezembro de 2013

Cronograma da Campanha de Vacinação Antirrábica em União dos Palmares


De 02 a 11 de dezembro de 2013


02/12/2013

Ingá, Laranjeiras, Sueca de Cima e de Baixo, Cucaú, Barro Vermelho, Pelada e Galho do Meio, Cambuim, Espalhado, Barra do Caruru, Sítio Velho, Jardim do César, Monte Alegre, Fazenda Caruruzinho, Faz. São José e Torrão, Faz. Nova e Malhadas. 

03/12/2013

Duas Barras, Timbó dos Mendes, F. de Jandeval, Esfrega Folha, Faz. Guanabara, Ximendes, Jaqueira, Flor da Serra , Santa Maria, Vida Mansa, Sítio Santa Maria, Paus Branco, Santo Antonio e Palmeirá.

04/12/2013

Serra da Barriga, Sitio Recanto, Jurema, Brejo dos Vieiras,  Jaqueira, Riacho do Curtume, Santa Luzia, F. Mucuri e Serra Preta.

05/12/2013

Gordo, Boa Vista, Bolão, Salvador, Olho D’Água, Flor de Alagoas, Varjão, Serrinha, Sítio do Meio, Duas Barras, Cachoeira Dantas, Serra do Brás, Azeitão, Faz. Maragi e Fundo do Surrão.

06/12/2013

Amolar e Cafuxi, Timbó, Peladinha, Cariri e Bebidas, Cavaco, Serra da Imbira.

09/12/2013

Boca da Palha, Pau D’Arco, Bar do Bode, Escola José Medeiros, Casa de Farinha, Pindoba I e II e Talhado.

10/12/2013

Camaratuba, Usina Laginha, Caborge, Açucena, Faz.Taquarana, Gregório, Tatu, Muquém, Sementeira, Santo Antônio da Lavagem e Anhumas.

11/12/2013

Faz. Frios I e Faz. Frios II.

Usina Laginha

Antigos tanques de álcool que foram arrastados na última enchente de Junho de 2010.


Lembrando que você leitor/amigo pode entrar em contato comigo, através do Facebook, AQUI na comunidade do blog AQUI onde vocês encontram conteúdo exclusivo e podem me seguir no Twitter no @jmarcelofotos

Pronacampo será implantado no município em 2014



O Secretário de Educação Ricardo Praxedes e a equipe gestora da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de União dos Palmares vem se reunindo com diretores, coordenadores, professores das escolas rurais do município para pedir aos pais e responsáveis de alunos dos sítios para que eles fiquem estudando em suas comunidades.


Ontem, dia 16, os funcionários da Escola Municipal Dr. José de Medeiros Sarmento, na Pindoba I, e dos anexos, Escola Santa Maria Madalena (Pindoba II), Jorge de Lima (Pindoba II), Palmira Sarmento (Sítio Cavaco), Alódia de Oliveira Santos (Sítio Talhado) e Santa Efigênia (Sítio Serra da Imbira) também participaram da reunião.


Segundo Maria Goretti Galvão, diretora de ensino, "em 2014 será implantado o Pronacampo, que tem a finalidade de apoiar a educação no campo visando uma melhoria na educação e qualificação dos professores e demais funcionários", disse. Ainda, segundo Maria Goretti, "algumas escolas do campo podem fechar se os alunos não continuarem em suas localidades, e isso gera custos desnecessários para o município que vem passando dificuldades depois do fechamento da Usina Laginha".


Maria Goretti tirou as dúvidas dos funcionários e completou "é desnecessário a criação de novas rotas para trazer estudantes da zona rural para a zona urbana de União, isso gera custos. Sabemos que o município tem o obrigação de ofertar condições de educação para os alunos, mas não podemos criar rotas de transportes escolares para trazer para União onde tem escola".


Maria da Conceição Costa, diretora da escola Dr. José de Medeiros Sarmento comentou que já estão fazendo as matrículas e falando com os pais sobre transferências e completou "iremos nos reunir com os coordenadores da Escola Dr. José de Medeiros Sarmento e com os responsáveis dos quatros núcleos".


A diretora adjunta Ana Lúcia Vergetti atenta à reunião falou que sem alunos não há escolas abertas. "Em nossas reuniões aqui na escola, eu sempre falo com os professores para que tratem bem seus alunos, deem carinho, para que eles possam se sentir acolhidos na instituição".


"Queremos criar uma economia solidária, para essas comunidades possam se fortalecer com o que eles têm e com a implantação do Pronacampo virão vários cursos para os alunos e seus familiares", disse Maria Goretti no fim da reunião.


Estão previstos para 2014 a formação inicial e continuada para professores e demais funcionários das escolas, bem como a disponibilização de material específico aos estudantes do campo em todas as etapas e modalidades de ensino.

Conheça a história do Missionário José Leandro fundador da Rosa Mística

 Missionário José Leandro e Ct. Oceano Mendonça  


A Fundação Rosa Mística surgiu por um gesto de gratidão a Deus. Tenho um debito que não consigo pagar com meu Deus, com meu criador, que não consigo resgatar, todo meu dia em minha vida do nascer ao pôr do sol é para agradecer as maravilhas que ele fez em minha vida. Por mais que eu queira não consigo saudar o debito que tenho com meu senhor.


Nasci na zona rural, experimentei e sentir a dureza do campo, sentir na pele o sofrimento e a dor da necessidade. Sou filho mais velho de uma prole de 7 irmãos onde fui obrigado  a trabalhar no campo para ajudar na subsistência dos meus irmãos. Levado pelo sofrimento e o abandono da zona rural, fomos obrigados a migra para a cidade grande, lá chegando minha mãe foi trabalhar como empregada domestica e eu fui ser servente para ajuda no sustento dos meus irmãos. Carregava no peito a esperança de ser feliz e vencer, mais como poderia ser?. Órfão de pai muito jovem e sem ter familiares importantes e sem ter nenhum recurso mais carregava no peito e na alma a esperança de vencer. 


Trabalhava de servente numa empresa, era um trabalho exausto e cansativo, mais me dava muita alegria pós com esse trabalho eu alimentava meus irmãos e tudo fazia para não perde este emprego. Com muita dificuldade terminei meu segundo grau, fiz o vestibular e passei pra o curso de Direito. Depois fiz dois concursos públicos; um para policia civil e outro para agente administrativo do INSS, logrei êxito nos dois mais preferi trabalhar no INSS. 


Casei-me aos 27 anos de idade e tenho uma prole de 3 filhos e 3 netos. A vida sub-humana que levava com minha família deu lugar a uma vida mais digna e mais respeitosa. 


Concluindo o curso de Direito, me submeti ao concurso publico de Procurador do Estado, representava para mim um desafio e um atrevimento e meus colegas diziam para que eu procurar-se meu lugar de pobre, pois pobre não poderia ser doutor na opinião deles, não foi nada fácil para mim enfrenta este concurso pós não tinha livro nem tempo par estudar. Mais carregava no peito a esperança de vencer um dia e dar a minha família uma vida melhor.  



Deus me abençoou mais uma vez, pois tive uma ótima classificação no concurso e assumi no mesmo ano o cargo de Procurador do Estado de Alagoas. Quando isso aconteceu eu nunca mais deixei de agradecer ao meu Deus pelos favores e graças que ele fez em minha vida. Eu resolvi fazer uma aliança com meu Deus de compra um lugar onde pudesse agradecer e louvar  a Deus por toda vida. Em março de 1989 encontrei um sitio na Fazenda Frios em União dos Palmares, onde denominei pelo nome de Rosa Mística em homenagem a Mãe Santíssima. 


Durante todo esse período o sitio serviu para retiros religiosos e encontros de orações, em outubro de 2010 transformamos o local que com as reformas tornou-se em uma Fundação de acolhimento a Dependentes Químicos.


Hoje a Rosa Mística  é lugar de acolhimento aos abandonados, aos aflitos, aos que choram dos que não tem ninguém por eles, aqui encontram uma mão amiga, um ambiente de Deus, uma equipe qualificada que os acolhe e faz o melhor por eles. 

Rosa Mística, ambiente de Deus para todos que querem começar uma vida nova. 


Fonte: Fundação Rosa Mística  

CAMPANHA:
NESTE  NATAL   AJUDE OS JOVENS INTERNOS DA FUNDAÇÃO ROSA MÍSTICA.

Campanha de arrecadação de donativos para os internos da Fundação Rosa Mística. Saiba mais AQUI